quarta-feira, 28 setembro, 2022

Tango e gastronomia fecham Semana Argentina em Hanói

Hanói (Prensa Latina) Um Festival de Tango e Gastronomia no parque Ly Thai To, localizado no coração desta cidade, encerra hoje a VII Semana Argentina em Hanói.

Apresentações e aulas de dança dos clubes Tango Hanoi, El Cielo Tango e La Boca Tango, em Hanói, fazem parte do dia de encerramento do evento, inaugurado no último dia 23 de maio com o Dia da Carne e do Vinho Argentinos.

O programa de atividades, que decorre sob o lema “Celebrar a nossa amizade”, incluiu ainda a celebração de um ato comemorativo dos 212 anos da Revolução de Maio, no dia 25.

A VII Semana Argentina em Hanói pretende continuar aproximando a Argentina do Vietnã por meio do diálogo político, comercial e cultural, no contexto dos laços binacionais fortalecidos pela associação bilateral abrangente em vigor desde 2010, disseram fontes diplomáticas à agência de notícias VNA.

Em conversa telefônica realizada semanas atrás, o chanceler vietnamita, Bui Thanh Son, e o chanceler argentino, Santiago Cafiero, manifestaram sua satisfação pelo bom andamento das relações entre os dois países, mesmo no contexto da pandemia de Covid-19 .

Thanh Son expressou a vontade e disposição de seu país de aprofundar ainda mais essas relações e sugeriu intensificar o intercâmbio de delegações de alto nível, além de aproveitar as oportunidades de cooperação na economia e no comércio por meio de mecanismos bilaterais e multilaterais.

Sugeriu também a criação de condições favoráveis ​​para a entrada no mercado argentino de produtos agrícolas do Vietnã, incluindo café, frutas frescas e secas e outros itens potenciais.

O chanceler vietnamita também apreciou a proposta de seu homólogo sul-americano sobre a promoção da cooperação binacional em tecnologia espacial, satélites, ciência e tecnologia, biotecnologia a serviço da agricultura e pecuária e energia, e prometeu trabalhar com outros ministérios e setores para discutir esta questão.

Durante 2021, o comércio bilateral totalizou quatro mil e 500 milhões de dólares, um aumento de 14,1% em relação a 2020, com o qual a Argentina se consolidou como o terceiro maior parceiro comercial do Vietnã na América Latina.

 

 

FIQUE POR DENTRO