quarta-feira, 28 setembro, 2022

A Voz do Vietnã amplia diálogo entre líderes de Laos e Cuba

Hanói, 2 jul (Prensa Latina) O diálogo entre os principais líderes do Partido Comunista de Cuba, Miguel Díaz-Canel, e o Partido Popular Revolucionário do Laos, Thongloun Sisoulith, se reflete hoje na primeira página digital da estação de rádio La Voz do Vietnã.

O site destaca as palavras do presidente cubano, que assegurou ao seu homólogo do Laos que nem a distância geográfica, nem a língua, as diferenças culturais, nem mais de dois anos de pandemia de Covid-19 representavam um obstáculo para manter excelentes relações amistosas. Por sua vez, disse a emissora, o líder laosiano expressou que “Cuba sempre poderá contar” com seus irmãos daquele país e enviou saudações ao líder cubano Raúl Castro, que descreveu como um “grande amigo de seu povo”.

Conforme relatado aqui, na videoconferência realizada nesta quinta-feira, Sisoulith valorizou muito o encontro e considerou-o mais uma contribuição para o fortalecimento da unidade e das relações históricas de amizade entre as partes, os governos e os povos laosiano e cubano.

O secretário-geral do Partido Popular Revolucionário também ratificou a política invariável do Partido e Estado Laosiano de apoio à luta do povo cubano para levantar o bloqueio dos EUA, bem como o interesse em continuar fortalecendo as relações de amizade e cooperação entre os dois países.

Díaz-Canel, por sua vez, assegurou que recordou com grande satisfação sua visita ao Laos em novembro de 2018 e as experiências ali, indeléveis em nossa memória, de hospitalidade, atenção recebida, bem como o importante consenso alcançado para promover laços, ao qual estamos dando um acompanhamento especial, disse.

FIQUE POR DENTRO