quarta-feira, 28 setembro, 2022

Vietnã sob ataque de spam, segundo Kaspersky

Hanói (Prensa Latina) O Vietnã detém hoje o triste recorde de liderar a lista das cinco economias da Ásia-Pacífico com o maior número de e-mails de spam detectados.

De acordo com um relatório da empresa global de cibersegurança Kaspersky divulgado aqui pela imprensa, esta nação indochinesa recebeu pouco mais de três milhões de e-mails maliciosos, superando Malásia (2,36), Japão (1,86), Indonésia (1,80) e Taiwan da China (1,45 milhão).

Essas cinco economias juntas receberam 61,1 por cento do total de e-mails de spam que circulam na região da Ásia-Pacífico, que por sua vez representa cerca de 24 por cento do total de spam detectado este ano no mundo, especificou a fonte.

Membros da equipe global de investigação e análise da Kaspersky indicaram que esses e-mails foram enviados em massa principalmente por cibercriminosos, com a pretensão de ganho financeiro.

No início de julho passado, o Centro Nacional de Segurança Cibernética do Vietnã (NCSC, na sigla em inglês) anunciou que este país do Sudeste Asiático enfrenta, em média, mais de 256 ataques cibernéticos em seus sistemas de informação domésticos por semana.

Nos primeiros seis meses deste ano, o número total de ataques que causaram problemas nessas estruturas foi de 6.641, dos quais 1.696 foram incidentes de ataques de phishing, 859 casos de defacement e 4.086 ataques de malware, detalhou.

FIQUE POR DENTRO