quinta-feira, 9 fevereiro, 2023

Progresso nas relações diplomáticas entre o Vietnã e a Argélia destacado

Performance para iniciar o ato (Foto: VNA)
A Associação de Amizade Vietnã-Argélia (VAFA) organizou uma cerimônia nesta capital para comemorar o 60º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas binacionais (28 de outubro).
Hanói (VNA) – A Associação de Amizade Vietnã-Argélia (VAFA) organizou uma cerimônia nesta capital para comemorar o 60º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas binacionais (28 de outubro).

Falando no evento, o vice-ministro vietnamita da Construção Le Quang Hung , que é o presidente da VAFA, destacou o desenvolvimento frutífero das relações bilaterais multissetoriais.

Ele informou que as visitas regulares de líderes dos dois países criaram uma premissa para uma cooperação abrangente entre os dois lados.

Informou os participantes sobre a cooperação econômica binacional, destacando que, com base nos mecanismos de cooperação e nos acordos firmados, os vínculos econômicos e comerciais registraram conquistas notáveis.

O comércio bilateral atingiu 158 milhões e 110 milhões, em 2021 e nos primeiros nove meses de 2022. A Argélia continua sendo o quarto maior mercado receptor de produtos vietnamitas na África.

Juntamente com a cooperação nos campos da política, economia, cultura, ciência e tecnologia, a amizade entre os povos vietnamita e argelino também se fortaleceu por meio de inúmeras atividades, observou o funcionário.

Ele expressou sua esperança de que a amizade e a cooperação multifacetada entre o Vietnã e a Argélia sejam fortalecidas, para a paz e o interesse mútuo das duas nações.

Por sua vez, o embaixador da Argélia no Vietnã , Abdelhamid Boubazine, fez um breve relato de marcos históricos nas relações bilaterais.

O diplomata disse que a 12ª reunião do Comitê Conjunto Vietnã-Argélia, em dezembro deste ano, dará um novo impulso à parceria bilateral.

A Embaixada da Argélia continuará a promover a cooperação com a VAFA no futuro, para um maior fortalecimento das relações tradicionais das duas nações, sublinhou./.

FIQUE POR DENTRO