quinta-feira, 9 fevereiro, 2023

Economistas internacionais destacam grande potencial do Vietnã no setor manufatureiro

O processo de montagem do carro Vinfast usando robôs e um sistema operacional de produção inteligente. (Fonte: VNA)

O Vietnã pode se tornar uma potência exportadora na região e a “segunda fábrica mundial” depois da China, previram especialistas da empresa global de gestão de investimentos AXA Investment Managers Asia, com sede em Cingapura.

Hanói (VNA) – O Vietnã pode se tornar uma potência exportadora da região e a “segunda fábrica do mundo” depois da China, previram especialistas da empresa global de gestão de investimentos AXA Investment Managers Asia , com sede em Cingapura.
Em um artigo recém-publicado, os economistas da AXA observaram ainda que o Vietnã ocupa uma posição elevada no desempenho econômico no Sudeste Asiático, com crescente competitividade comercial e força manufatureira .
Eles também analisaram as perspectivas de expansão do papel do país nos ecossistemas produtivos regionais e globais, de acordo com um conjunto de indicadores de competitividade baseados em estudos sobre facilidade de fazer negócios, qualidade logística, custos salariais e crescimento do Produto Interno Bruto. , valor de exportações e atração de capital estrangeiro.
Economistas internacionais destacam o grande potencial do Vietnã no setor manufatureiro hinh anh 2Peças exportadas para o mercado japonês (Fonte: VNA)
Em particular, destacaram o sucesso da assinatura de vários acordos de livre comércio pelo Vietnã com outras grandes economias, como China, União Européia, Reino Unido e Japão, o que favorece as condições para se estabelecer como uma potência exportadora regional.
Segundo especialistas, na última década, o valor da indústria manufatureira vietnamita registrou o maior crescimento do mundo, o dobro do registrado na Índia no mesmo período, enquanto a receita das exportações aumentou cinco vezes e superou significativamente o restante da Ásia .
Por outro lado, destacaram as conquistas do país na atração de investimento estrangeiro direto, graças a políticas governamentais favoráveis, lembrando que o número de parques industriais no Vietnã atingiu 369 em 2020, um aumento de 180% desde 2005.
Enquanto isso, a classificação do Vietnã no Índice de Facilidade de Fazer Negócios do Banco Mundial subiu 23 posições, para 70º, nos últimos dez anos.
Por fim, eles previram que, no curto prazo, o impacto adverso da pandemia do COVID-19 persistirá no Vietnã e afetará os setores de manufatura e exportação, enquanto, no longo prazo, espera-se que as empresas estrangeiras retomem o estabelecimento de cadeias de suprimentos em breve. .abastecimento global no país.

FIQUE POR DENTRO