quarta-feira, 6 dezembro, 2023

Vietnã escalará economia verde para US$ 300 bilhões até 2050

Foto ilustrativa (Fonte: congthuong.vn)

O Vietnã precisa tomar medidas mais drásticas para aumentar a contribuição anual para o Produto Interno Bruto da economia verde de US$ 6,7 bilhões em 2020 para US$ 300 bilhões até 2050, sugeriu nesta terça (18) o ministro do Planejamento e Investimentos, Nguyen Chi Dung.

Hanói (VNA) – O Vietnã precisa tomar medidas mais drásticas para aumentar a contribuição anual para o Produto Interno Bruto da economia verde de US$ 6,7 bilhões em 2020 para US$ 300 bilhões até 2050, disse o ministro do Planejamento e Investimento, Nguyen Chi Dung.

Falando em um fórum temático em Hanói, o funcionário explicou que o crescimento verde voltado para a prosperidade econômica, a sustentabilidade ambiental e a equidade social não é apenas uma escolha inevitável, mas também uma oportunidade para o Vietnã se tornar um pioneiro na região e acompanhar a tendência de desenvolvimento do mundo, em projeção para a concretização dos compromissos de reduzir as emissões líquidas a “zero” até 2050.

Por isso, destacou que o seu pelouro assessorou o Primeiro-Ministro para a promulgação da Estratégia Nacional de Crescimento Verde no período 2021-2030, com visão até 2050, e do Plano de Ação Nacional nesta matéria na fase 2021-2030 .

Assim, o Vietnã identifica o crescimento verde como uma opção de longo prazo para garantir o equilíbrio e harmonizar o objetivo de reduzir as emissões totais de gases de efeito estufa com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento e aumentar a escala da economia.

Vietnã aumentará economia verde para 300 bilhões de dólares até 2050 hinh anh 2Panorama da nomeação (Foto: VNA)

Para atingir a meta, o Vietnã deve se concentrar nas indústrias e setores mais essenciais para ajudar a ativar as vantagens naturais e se tornar um país desenvolvido em fatores ambientais e socioeconômicos até 2045, enfatizou Chi Dung.

A promoção do crescimento verde certamente também abrirá oportunidades sem precedentes para investimento efetivo e cooperação comercial entre empresas vietnamitas e corporações multinacionais, enfatizou.

Segundo Jaime Ruiz-Cabrero, chefe do Boston Consultation Group (BCG) no Sudeste Asiático, os principais países do mundo estão empenhados em acelerar o desenvolvimento de soluções tecnológicas para a transição verde, limpa e de baixo carbono, o que constitui uma oportunidade para Vietnam para acompanhar a tendência e se tornar um pioneiro em tecnologia limpa na região e possivelmente globalmente.

Nesse sentido, ele recomendou que o Vietnã melhore a instituição estratégica relevante, fortaleça a construção de um sistema financeiro verde estável, estabeleça um sistema de infraestrutura elétrica e acelere o desenvolvimento de ecossistemas de hidrogênio limpo.

FIQUE POR DENTRO