sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

Marco de 100 milhões de pessoas: oportunidades e desafios para o Vietnã

Visitantes do Jardim Zoológico e Botânico de Saigon (Thao Cam Vien), no Distrito 1 (Cidade de Ho Chi Minh). Foto: vnexpress.net

A população do Vietnã chegará em breve a 100 milhões de pessoas. Este marco fará do território a décima quinta nação mais populosa do mundo e um dos três países do Sudeste Asiático com uma população de 100 milhões.

Quando a população atingiu 90 milhões há 10 anos, o tamanho da economia do Vietnã em 2013 era de US$ 173 bilhões e a renda per capita de US$ 1.960. No entanto, no final de 2022, o Produto Interno Bruto (PIB) atingiu 409 bilhões de dólares e a renda per capita foi de 4.110 dólares.

Espera-se que até o final de 2023, quando a população do Vietnã ultrapassar 100 milhões, o PIB do Vietnã totalize US$ 424,45 bilhões (segundo previsões de organizações internacionais) e a renda média chegue a US$ 4.400 (conforme a meta designada pela Assembleia Nacional).

O Vietnã presta atenção ao desenvolvimento de recursos humanos de alta qualidade para aumentar a produtividade do trabalho e promover o desenvolvimento socioeconômico. Foto baodautu.vn

Portanto, a taxa de crescimento deve acelerar quando a população aumenta porque com 100 milhões de habitantes, a escala econômica deve ultrapassar 440 bilhões de dólares. Isto significa que o PIB deverá crescer mais de sete por cento em 2023. No entanto, a economia nacional registou apenas um crescimento de 3,32 por cento no primeiro trimestre do ano.

100 milhões de esperanças

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Vietnã avaliou que o mundo está mudando rapidamente e o Vietnã não deve ser deixado para trás. Uma população de 100 milhões significa que o Vietnã tem um grande mercado interno, com capacidade de atrair mais capital de investimento estrangeiro direto e uma força de trabalho saudável e qualificada com pensamento inovador.

É preciso aproveitar a oportunidade da “população de ouro” para utilizar racionalmente a “mão-de-obra de ouro”, que leva o país a se desenvolver de forma rápida e sustentável. Foto: VNA

Portanto, o Vietnã deve perceber que 100 milhões de pessoas até 2023 não é apenas um número, mas uma visão para construir um país forte para as gerações atuais e futuras, pois 100 milhões de vietnamitas representam “100 milhões de esperanças, 100 milhões de sonhos e 100 milhões de soluções”.

O professor Nguyen Dinh Cu, ex-diretor do Instituto de População e Assuntos Sociais (Universidade Nacional de Economia) e presidente do Conselho Científico do Instituto de População, Família e Crianças, disse que receber o cidadão número 100 milhões será um marco importante para o nação e uma grande oportunidade de desenvolvimento.

Professor Nguyen Dinh Cu, ex-Diretor do Instituto de População e Assuntos Sociais (Universidade Nacional de Economia) e Presidente do Conselho Científico do Instituto de População, Família e Crianças. Foto: VNA

Segundo o especialista, sendo um grande mercado com mão de obra abundante (a população ativa ultrapassa os 50 milhões), o Vietnã tem condições de desenvolver o modelo multissetorial da economia, além de estimular o desenvolvimento tanto de indústrias quanto de serviços.

“A grande população e a abundância de recursos humanos atraem investidores estrangeiros. No entanto, em termos de desafios, 100 milhões de pessoas também apresentam problemas de segurança alimentar e energética, especialmente a baixa área de terra per capita e o impacto das mudanças climáticas… ”, disse Dinh Cu.

Enquanto isso, o UNFPA observou os desafios de que, quando as taxas de mortalidade e fertilidade caírem, o Vietnã logo concluirá sua transição demográfica. É uma grande conquista para todos os vietnamitas hoje viver uma vida mais saudável e longa. No entanto, o declínio da taxa de fertilidade e a restrição de natalidade nas últimas décadas estão causando um rápido envelhecimento da população do Vietnã.

Um bebê nasceu no Hospital Nacional de Ginecologia e Obstetrícia. Foto: Vietnã+

Aproveite as oportunidades de recursos trabalhistas

Segundo o Gabinete Geral de Estatísticas, a população de 100 milhões de pessoas torna-se uma oportunidade para o desenvolvimento rápido e sustentável do país. Além disso, o Vietnã está no período de ouro da população, quando quase 70% da população está em idade ativa. Como regra geral, o período de ouro da população é uma oportunidade “única” para os países acelerarem o progresso socioeconômico e isso só acontece uma vez em sua história de desenvolvimento.

Pham Trong Nghia, membro do Comitê de Assuntos Sociais da Assembleia Nacional, disse que o Vietnã está em um período de ouro populacional com uma forte força de trabalho de 51,5 milhões de pessoas, ocupando o terceiro lugar na ASEAN. No entanto, a qualidade da força de trabalho ainda é limitada. Apenas 67% da força de trabalho são trabalhadores qualificados e 27% da força de trabalho possuem certificados ou diplomas acadêmicos.

O Vietnã está no período áureo da população, com uma forte força de trabalho de 51,5 milhões de pessoas, ocupando o terceiro lugar na ASEAN.

Na opinião do responsável, se o país não tiver políticas para aproveitar as oportunidades e potenciar as fortalezas do período áureo da população, será um grande desperdício, com impactos negativos em muitos aspectos que perduram por muitas gerações.

No Vietnã, o período de ouro da população está projetado para terminar em 2038. De acordo com os conceitos demográficos, o fim do período de ouro da população também marca a transição para o período de “envelhecimento da população”. Portanto, é necessário maximizar as vantagens da população de ouro para o desenvolvimento socioeconômico, a fim de acumular ativamente recursos para lidar com o envelhecimento populacional.

Com uma população de 100 milhões, o Vietnã ocupa o 15º lugar entre os países mais populosos do mundo, o 8º na Ásia e o 3º no Sudeste Asiático, depois da Indonésia e das Filipinas.

Se o período de ouro da população coincidir com um período de estabilidade econômica e bom sistema educacional, ele se tornará uma força motriz para promover o desenvolvimento socioeconômico. Pelo contrário, sem políticas adequadas, o país enfrentará desafios como a falta de emprego, cair na armadilha do rendimento médio, aumentar os vícios sociais, que dificultam o desenvolvimento nacional a longo prazo, disse Trong Nghia.

Segundo o UNFPA, o Vietnã precisa continuar investindo na juventude por meio de políticas e programas de saúde, educação e oportunidades de trabalho para atender às necessidades do mercado de trabalho na nova era e promover o espírito inovador e criativo do país. Além disso, políticas sobre serviços relacionados à saúde, incluindo saúde sexual e reprodutiva, devem ser fortalecidas.

A marca de 100 milhões de habitantes criará um forte impulso para o desenvolvimento do país. Foto: daidoanket.vn

Tradução: Valter Xéu

O original em espanhol encontra-se em https://special.vietnamplus.vn/2023/05/30/hito-de-100-millones-de-personas/?fbclid=IwAR1e1d5LDq77MyNuMgo9IehXu32rhLtG4VmcIkJCwXqMBmVVEqxdN1m_MJU

FIQUE POR DENTRO