sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

Vietnã espera atrair turistas estrangeiros com nova política de vistos

Turistas estrangeiros em Hanói (Fonte: laodong.vn)

A alteração da lei migratória, que vai alargar a resistência temporária para estrangeiros de 15 para 45 dias e o visto eletrónico de 30 para um máximo de 90 dias, com entrada múltipla, vai ajudar a atrair turistas para o Vietnã.

Hanói (VNA)- Prevê-se que a alteração da lei migratória que vai alargar a resistência temporária para estrangeiros de 15 para 45 dias e o visto eletrónico de 30 para um máximo de 90 dias, com entrada múltipla, ajude a atrair turistas para Vietnã.

Segundo as estatísticas, em 2022, o Vietnã receberá mais de 3,66 milhões de visitantes estrangeiros, o que representa mais de 73% da meta.

Nos primeiros quatro meses de 2023, um total de 3,7 milhões de turistas vieram ao Vietnã. Desta forma, o setor do turismo deve fazer um grande esforço para atingir a meta de oito milhões estabelecida para este ano.

Isto requer a alteração das políticas de entrada e saída e de vistos, que está em discussão na Assembleia Nacional do Vietname relativamente à modificação e alteração de alguns artigos da Lei de Entrada e Saída para Cidadãos Vietnamitas e da Lei de Entrada, Partida, Trânsito e Residência para estrangeiros no Vietnã.

Phung Quang Thang, vice-presidente da União de Associações de Viagens do Vietnã , disse que a extensão do visto ajudará a aumentar o número de turistas internacionais.

Vietnã espera atrair turistas estrangeiros com nova política de vistos hinh anh 2Turistas estrangeiros na cidade de Ho Chi Minh (Fonte: VNA)

Paralelamente à flexibilização da política de vistos, o setor de turismo precisa de tempo para realizar programas promocionais na Europa, Estados Unidos e Austrália, já que os viajantes em alguns mercados tendem a preparar sua viagem muito cedo, às vezes até um ano. antecedência, observou ele.

Pham Ha, presidente do LUX Group, sugeriu que o Vietnã considere a política de vistos gold que permite aos turistas residir no país por um a cinco anos. Essa medida atende os aposentados, explicou.

FIQUE POR DENTRO