sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

Vietnã terá 30 aeroportos até 2030

Um avião pousa no Aeroporto Internacional Tan Son Nhat , na cidade de Ho Chi Minh. (Foto: VNA)

O Vietnã terá trinta aeroportos até 2030, incluindo 14 para voos internacionais e 16 para viagens domésticas, segundo fontes oficiais

Hanói (VNA) – O Vietnã terá cerca de trinta aeroportos até 2030, incluindo 14 para voos internacionais e 16 para viagens domésticas, segundo fontes oficiais.

O investimento está estimado em cerca de 18 mil milhões de dólares, mobilizados a partir do Orçamento do Estado , capitais não orçamentais e outras fontes de capital legal.

Até 2050, o país terá 14 aeroportos internacionais e 19 domésticos.

A informação foi divulgada depois que o vice-primeiro-ministro Tran Hong Ha assinou a Decisão nº 648/QD-TTg sobre o planejamento do sistema aeroportuário nacional no período 2021-2030 com visão para 2050 em 7 de junho

. desenvolver o sistema aeroportuário de forma síncrona e moderna, para atender a demanda por transporte e ampla integração internacional; proteger o meio ambiente; economizar recursos; garantir a defesa e segurança nacional; melhorar a competitividade da economia, ajudando a tornar o Vietnã um país em desenvolvimento com indústria moderna e renda média alta até 2030.

De acordo com o novo planejamento aprovado, o número total de passageiros pelos aeroportos seria de cerca de 275,9 milhões até 2030, enquanto o volume total de cargas pelos referidos terminais aéreos é estimado em cerca de 4,1 milhões de toneladas.

Em termos de infraestrutura, o plano diretor prioriza o investimento em vários grandes aeroportos, que desempenham um papel fundamental em Hanói (Aeroporto Internacional Noi Bai) e na cidade de Ho Chi Minh (Aeroportos Internacionais Tan Son Nhat e Long Thanh).

O país atualizaria gradualmente e operaria com eficiência os aeroportos existentes e continuaria a pesquisar e investir em novos aeroportos para aumentar a capacidade total projetada do sistema aeroportuário para receber cerca de 294,5 milhões de passageiros. Esforça-se para garantir que mais de 95% da população tenha acesso a aeroportos em um raio de 100 quilômetros.

A equipe de gerenciamento de infraestrutura e voo se dedicaria a atender às necessidades de transporte. O país investiria em centros de logística, centros de treinamento, treinamento de voo, manutenção de aeronaves e sistemas de reparo para garantir as operações de viagens.

Além disso, serão implantados centros logísticos em aeroportos com volume de transporte superior a 250.000 toneladas por ano. Os centros logísticos garantem as condições e ligam os tipos de tráfego adequados ao transporte de mercadorias nos aeroportos. O plano diretor visa estabelecer um centro logístico de transbordo internacional no aeroporto de Chu Lai.

Este é o mais recente planejamento nacional no setor de transportes endossado pelo Governo. Anteriormente, foram aprovados quatro planos nacionais do setor elaborados pelo Ministério dos Transportes, que incluem rodovias, ferrovias, portos marítimos e hidrovias interiores.

FIQUE POR DENTRO