segunda-feira, 24 junho, 2024

Cidade de Ho Chi Minh cria benefícios para atrair investidores estratégicos

Visão para 2045: A cidade de Ho Chi Minh se desenvolve ao lado das principais áreas urbanas do mundo, tornando-se o centro econômico, financeiro e de serviços da Ásia. (Foto: baochinhphu.vn)

No atual contexto de desaceleração dos fluxos de investimento estrangeiro para a cidade de Ho Chi Minh e de redução do número de novos projetos, as autoridades municipais começaram a trabalhar para criar novas vantagens para atrair investidores estratégicos.

A idade de ouro

O parque de alta tecnologia da cidade de Ho Chi Minh é um ponto brilhante para atrair investimentos no desenvolvimento da economia digital. (Foto: VNA)

A cidade de Ho Chi Minh abriga a primeira zona de processamento de exportação do Vietnã, identificada como “Zona de Processamento de Exportação de Tan Thuan”, e também possui o modelo de maior sucesso de um parque de alta tecnologia no país, atraindo as principais corporações do mundo que estabelecem suas subsidiárias, incluindo Intel, Samsung e Nidec. O grupo americano Intel investiu cerca de 1,5 bilhão de dólares para a construção de uma fábrica no parque de alta tecnologia da cidade de Ho Chi Minh. Como resultado, a Inter Products Vietnam tornou-se a maior fábrica de montagem e credenciamento na rede Intel em todo o mundo. Em 2022, o grupo sul-coreano Samsung aumentou o seu capital de investimento em mais de 841 milhões de dólares na empresa de eletrónica Samsung HCMC CE Complex, elevando assim o valor total registado no Vietname para 2,841 mil milhões de dólares.

Segundo dados do Departamento de Investimento Estrangeiro, a cidade de Ho Chi Minh captou mais de 4,33 bilhões de dólares em investimento estrangeiro direto (IED) em 2022, liderando o país nesse campo. No entanto, o IED na cidade tende a diminuir este ano, com apenas 1,14 bilhão de dólares nos primeiros cinco meses, uma redução de 13,5% em relação ao ano anterior.

A cidade de Ho Chi Minh concentra-se em atrair alta tecnologia nas áreas de indústria eletrônica, semicondutores, pesquisa e desenvolvimento de bioindústria e centro de logística. (Foto: VNA)

Pressão competitiva

Nguyen Tu Anh, chefe do Departamento de Assuntos Gerais da Comissão de Assuntos Econômicos do Comitê Central do Partido Comunista do Vietnã, analisou que as fontes de capital de IED têm diminuído globalmente desde 2018 até agora. A situação é a mesma no país indochinês. O tamanho do capital IDE global está diminuindo e tende a deixar a Ásia, o que explica em parte porque a atração de IDE no Vietnã em geral e na cidade de Ho Chi Minh em particular diminuiu nos últimos tempos e é considerada um desafio no campo no futuro , ele notou. Segundo o funcionário, a cadeia desfavorável continuará devido às flutuações geopolíticas e à política de imposto mínimo global. O imposto mínimo global é um imposto proposto pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que foi acordado pelos 142 países membros do grupo, incluindo o Vietnã. Com esta taxa de imposto, os grupos e empresas de qualquer país com rendimentos iguais ou superiores a 750 milhões de euros (800 milhões de dólares) terão de pagar 15 por cento de imposto e prevê-se que seja aplicável a partir do início de 2024.

Para atrair IED, o Vietnã concede uma alíquota de menos de 15% às grandes corporações. (Foto: baodautu.vn)

Anteriormente, para atrair IED, o Vietnã concedia uma alíquota de menos de 15% para grandes corporações. Porém, com essa política, as empresas precisam pagar o imposto compensatório em seu país de origem. E, portanto, os incentivos servem. Por outro lado, caso seja aplicada a alíquota mínima global, é preciso ter contramedidas para aderir às novas regras do jogo e fidelizar os investidores.

Não só sofrendo pressão de países e regiões, Ho Chi Minh City também tem que competir com outras cidades nacionais na corrida para atrair investimento estrangeiro direto, especialmente em um momento em que o Índice de Competitividade Provincial (PCI) da metrópole não esteve no top 10 por muitos anos, incluindo, em 2022, caindo 13 degraus para ficar em 27º lugar nessa lista.

A cidade de Ho Chi Minh também tem desvantagens em comparação com outras cidades nacionais em termos de fatores de desenvolvimento sustentável. Grandes grupos prestam cada vez mais atenção aos critérios sustentáveis ​​de meio ambiente, sociedade e governança (ESG) ao escolher um local de investimento. Enquanto isso, a cidade de Ho Chi Minh ocupa apenas o 49º lugar entre as 63 províncias e cidades vietnamitas no Índice Verde, de acordo com a Tabela de Avaliação de Localidades Ambientalmente Amigáveis ​​(PGI), recentemente anunciada pela Federação de Comércio e Indústria do país.

Especialistas nacionais e estrangeiros trocaram e discutiram em um seminário sobre o tema “Melhorar o ambiente de negócios para promover atividades de investimento seguras na cidade de Ho Chi Minh”. (Foto: Bao Cong Thuong)

Além dos problemas de infraestrutura, as deficiências dos mecanismos e sua implementação têm um impacto significativo na capacidade da cidade de Ho Chi Minh de atrair investimento estrangeiro direto. Maior investidor estrangeiro naquela cidade e no Vietnã, no entanto, um representante da Singapore Business Association relatou que as entidades de seu país ainda demoram muito no processo de solicitação de licença para fazer negócios e que cada lugar aplica um modelo diferente . Os investidores devem esperar mais de nove meses, até um ano, para obter sua licença de investimento. Além disso, as empresas que possuem projetos com licenças de investimento, se quiserem mudar de ramo de negócios, precisam trabalhar com muitos órgãos e filiais para atualizar cada informação, o que demanda muito tempo.

As empresas na cidade de Ho Chi Minh que usam energia solar e eólica no telhado contribuirão para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, rumo a uma economia verde e de baixo carbono. (Foto: baodautu.vn)

Atrair “águias” para o campo da tecnologia e serviços de alta qualidade

Apesar de muitos desafios, os especialistas observaram que a cidade de Ho Chi Minh ainda tem oportunidades de atrair investimentos se as áreas-chave forem claramente identificadas. Ngo Nghi Cuong, administrador da C+ Investment Consulting Company, especialista com experiência na assessoria a empresas estrangeiras, considerou que a pandemia da COVID-19, os conflitos militares e as tensões comerciais entre grandes economias impulsionam os investidores para zonas com situação sociopolítica estável, o que é uma vantagem do Vietnã em geral e da cidade de Ho Chi Minh em particular. Outra oportunidade para a cidade pode vir da política de imposto mínimo global, segundo a qual os países que anteriormente atraíam investimentos por meio de isenções fiscais perdem seu apelo, acrescentou. O Departamento de Planeamento e Investimento da cidade de Ho Chi Minh informou que tem trabalhado na preparação de um projeto de captação de investimento estrangeiro na fase 2023-2025, com uma visão para 2030, em que se dirigem a investidores estratégicos.

A iniciativa deve atrair até 2025 mais de 50 projetos de alta tecnologia e pelo menos uma grande corporação da área com capital registrado de três bilhões de dólares. Da mesma forma, dará prioridade a grupos multinacionais que estabeleçam alianças com empresas nacionais para formar e desenvolver clusters industriais, de acordo com cada cadeia de valor.

A cidade de Ho Chi Minh também prioriza a atração de investimentos na economia digital e ramos de desenvolvimento sobre plataformas de tecnologia 4.0, microeletrônica, semicondutores e tecnologia da informação (Foto: congthuong.vn)

A cidade de Ho Chi Minh também prioriza a atração de investimentos na economia digital e ramos de desenvolvimento em plataformas de tecnologia 4.0, microeletrônica, semicondutores e tecnologia da informação, farmacêutica, indústria biológica, agricultura de alta tecnologia e energia limpa, entre outros.

Segundo Cao Thi Phi Van, vice-diretor do Centro de Promoção Comercial e de Investimentos da cidade de Ho Chi Minh, o que mais interessa aos investidores estrangeiros no momento é o ambiente de negócios transparente e políticas claras, de fácil entendimento, com pouca mudança e previsibilidade, aliadas a as fontes de recursos humanos, infra-estrutura técnica de transporte, bem como a capacidade de conectar a cadeia de abastecimento de forma eficaz com a região.

O original encontra-se em: https://special.vietnamplus.vn/2023/06/19/ciudad-ho-chi-minh/

Tradução: Valter Xéu

FIQUE POR DENTRO