sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

O Vietnã está emergindo como um novo destino turístico no Sudeste Asiático

Foto ilustrativa (Fonte: thanhnien.vn)

O site alemão dw.com publicou um artigo descrevendo o Vietnã como um dos destinos mais populares do Sudeste Asiático por suas diversas paisagens, praias, terraços montanhosos de arroz e cidades movimentadas.

Berlim (VNA)- O site alemão dw.com publicou um artigo descrevendo o Vietnã como um dos destinos mais populares do Sudeste Asiático por suas diversas paisagens, praias, terraços montanhosos de arroz e cidades movimentadas.

O artigo citou um relatório do Google Destination Insights que classificou o Vietnã como o sétimo destino mais pesquisado de março a junho deste ano, e o único país do Sudeste Asiático no top 20.

Bobby Nguyen, presidente da Rustic Hospitality Group, uma agência de turismo, disse que o impulso vem principalmente de turistas chineses, indianos e sul-coreanos.

A China reabriu o mercado de saída para o Vietnã e o segmento de viajantes indianos cresceu desde 2022, observou ele, acrescentando que o uso das mídias sociais e a influência de grandes operadoras de turismo também ajudam a promover a popularidade internacional do país indochinês.

O Vietnã está emergindo como um novo destino turístico no Sudeste Asiático hinh anh 2A costa da província de Ninh Thuan (Foto: thanhnien.vn)

O autor observou a nova política de vistos do governo vietnamita para visitantes internacionais que chegam ao país, triplicando a isenção de visto de 15 para 45 dias para países selecionados. As mudanças entrarão em vigor no dia 15 de agosto.

Gary Bowerman, analista de turismo baseado em Kuala Lumpur, está confiante de que as mudanças nos vistos impulsionarão o setor de turismo. “Está se recuperando e, nos próximos seis meses, haverá um aumento nas viagens ao Vietnã. Acho que vai ser muito forte e o crescimento vai ser visto, principalmente agora que o mercado chinês se recuperou”, previu.

Uma das atrações do Vietnã é que é um destino menos conhecido e oferece tanto turismo quanto oportunidades de negócios, disse Bowerman.

FIQUE POR DENTRO