sexta-feira, 12 julho, 2024

Chile, porta de entrada dos produtos vietnamitas no mercado sul-americano

Produtos de fibra do Vietnã são exportados para o Chile. (Foto: VNA)

O Vietnã considera o Chile, quarto maior parceiro comercial da América Latina, como porta de entrada de seus produtos no mercado sul-americano.

Hanoi (VNA)-Vietnã considera o Chile, quarto maior parceiro comercial da América Latina, como porta de entrada de seus produtos no mercado sul-americano .

Segundo o Ministério da Indústria e Comércio do Vietnã (MICV), as relações econômicas e comerciais com o Chile nos últimos tempos registraram um aumento notável para chegar a dois mil e 150 milhões de dólares em 2022, um aumento de nove por cento em relação ao valor de 2021.

Vietnã e Chile são duas economias abertas e complementares, avaliou o MICV e afirmou que os exportadores nacionais têm aproveitado efetivamente as vantagens oferecidas pelo Acordo de Livre Comércio (ALC) bilateral.

Graças às taxas preferenciais do FTA, os valores das exportações de produtos vietnamitas como calçado, vestuário, mobiliário, café, salmão, uvas e madeira para o Chile continuarão a aumentar num futuro próximo, segundo a mesma fonte.

Em particular, a ratificação, a partir do início de 2023, do Acordo de Parceria Transpacífico Integral e Progressivo (CPTPP) do Chile criará um impulso significativo para promover o comércio binacional.        

Para aproveitar as condições favoráveis ​​e as vantagens oferecidas por esse pacto de livre comércio de nova geração, segundo o ministério, as autoridades dos dois países precisam implementar medidas e soluções de apoio ao empresariado, como atualização de informações de mercado. a promoção de atividades de promoção comercial, aplicação de tecnologia da informação e transformação digital.

FIQUE POR DENTRO