domingo, 21 abril, 2024

Vietnã procura promover crédito verde para o desenvolvimento sustentável

Visão geral da conferência (Foto: VNA)

Hanói (VNA) –setor bancário do Vietnã está a esforçar-se para promover o crédito verde no sentido dos objetivos da estratégia nacional de crescimento verde no período 2021-2030, com vista a 2050, disse o vice-governador do Banco do Estado (BEV), Dao Minh Tu. .

Falando numa conferência temática em Hanói, Minh Tu informou que a sua entidade aprovou o projeto de desenvolvimento do banco verde no Vietnã e emitiu o programa de ação para implementar a estratégia nacional de crescimento verde adequada a cada fase.

No período 2017-2022, o saldo dos empréstimos de crédito verde atingiu um crescimento médio superior a 23% ao ano e até 30 de junho de 2023, o valor era de 20,6 mil milhões de dólares, o equivalente a 4,2% do total dos empréstimos pendentes em toda a economia.

Entre os 12 campos verdes, os empréstimos pendentes concentram-se principalmente nos setores de energia renovável e limpa (45%) e na agricultura verde (31%), de acordo com dados do BEV.

O Diretor Adjunto do Departamento de Crédito para Setores Econômicos do BEV, Nguyen Xuan Bac, observou que o Vietnã é considerado um dos 38 mercados em desenvolvimento com progresso significativo nos esforços para promover o setor financeiro em direção ao desenvolvimento sustentável e com uma classificação elevada em comparação com outros países asiáticos e globais em políticas relacionadas às contribuições determinadas nacionalmente (NDCs), um conteúdo importante do Acordo de Paris.

No entanto, segundo Xuan Bac, além dos resultados obtidos, a implementação de soluções para promover o crédito verde enfrenta algumas dificuldades, como a falta de regulamentação nacional comum sobre os critérios e uma lista de projetos verdes para indústrias e campos.

Além disso, a concessão de crédito verde exige fatores ambientais técnicos profundos, o que dificultará a análise e avaliação da eficácia do projeto e da capacidade do cliente para pagar a dívida, acrescentou.

Portanto, nos próximos tempos, o BEV continuará a implementar políticas de crédito para promover as atividades do setor bancário no sentido dos objetivos de crescimento verde, ajudando a apoiar a recuperação econômica pós-pandemia da COVID-19.

FIQUE POR DENTRO