segunda-feira, 11 dezembro, 2023

América Latina, mercado potencial para empresas vietnamitas

Empresas vietnamitas e empresas de países latino-americanos buscam oportunidades de cooperação no programa B2B no âmbito do Fórum Comercial bilateral. (Fonte: VNA)

Cidade de Ho Chi Minh (VNA) – Apesar da distância geográfica, a América Latina é considerada um mercado potencial para empresas e indústrias exportadoras vietnamitas, reiterou um funcionário no Fórum Comercial bilateral realizado recentemente na cidade de Ho Chi Minh.

Durante muitos anos, as relações comerciais e de investimento entre o Vietname e a América Latina desenvolveram-se continuamente, embora o mercado tenha enfrentado grandes dificuldades nos últimos anos.

Em apenas um período de cinco anos, o comércio bilateral duplicou, passando de 14,2 mil milhões de dólares em 2018 para 23 mil milhões de dólares em 2022, disse Ta Hoang Linh, diretor do Departamento de Mercado Europa-América (Ministério da Indústria e Comércio).

A América Latina está sempre entre os mercados com grande potencial para os principais produtos exportados pelo Vietnã, como têxteis, vestuário, calçados, produtos agrícolas e pesqueiros. A região também possui fortes fornecedores de insumos para o setor produtivo vietnamita, como milho, soja e rações.

Em termos de investimento, o Vietname continua a implementar uma série de grandes projetos na América Latina com capital de até centenas de milhões de dólares.

Por outro lado, até 2022, um total de 21 países latino-americanos injetaram 673 milhões de dólares no Vietname, com base em 117 projetos. No entanto, o valor do comércio entre o Vietname e a América Latina permanece modesto e, portanto, incomensurável com o seu potencial.

Segundo Hoang Linh, as comunidades empresariais vietnamitas e latino-americanas ainda enfrentam muitos desafios na cooperação empresarial, como distâncias geográficas, falta de informação e rotas diretas de carga, elevados custos logísticos e diferenças linguísticas.

Especialmente a recessão económica, os conflitos geopolíticos e o impacto prolongado da pandemia da COVID-19 deixaram consequências negativas no comércio global, que inclui o comércio entre o Vietname e os países latino-americanos, disse ele.

América Latina, mercado potencial para empresas vietnamitas hinh anh 2

Nguyen Thi Thanh Ha, diretor de vendas da empresa Napoli Coffee, fala em evento no Fórum (Fonte: VNA)

O diretor da empresa Eurofins, Ly Hoang Hai, disse que o atual ambiente de mercado volátil oferece uma grande oportunidade para os exportadores vietnamitas buscarem mercados novos e emergentes, como a América Latina.

Um representante do Grupo Coppel do México informou que sua empresa quer encontrar produtos agrícolas, alimentos processados ​​e artesanato do Vietnã.

O comércio bilateral entre o Vietname e a América Latina atingiu 23 mil milhões de dólares em 2022 e 13,4 mil milhões de dólares nos primeiros oito meses de 2023.

Além dos países com maior volume comercial, como Brasil, México, Argentina e Chile, muitos mercados emergentes, como Panamá, Colômbia e Peru, tornaram-se pontos positivos no intercâmbio comercial com o Vietnã.

FIQUE POR DENTRO