terça-feira, 31 janeiro, 2023

Vietnã honra e agradece seus mártires de guerra

Hanói (Prensa Latina) Dirigentes do Partido Comunista do Vietnã (PCV), do Estado, da Assembleia Nacional e da Frente da Pátria prestaram homenagem aqui hoje em memória e agradecimento aos combatentes caídos e ao presidente Ho Chi Minh.

As solenidades ocorreram por ocasião da comemoração dos 75 anos do Dia dos Inválidos de Guerra e Mártires, institucionalizado em 27 de julho de 1947 para evocar e homenagear os homens e mulheres que lutaram pela libertação e reunificação nacional.

Uma delegação liderada pelo ex-secretário geral do PCV Nong Duc Manh, o presidente Nguyen Xuan Phuc e o primeiro-ministro Pham Minh Chinh depositou incenso no Monumento aos Mártires e prestou homenagem a Ho Chi Minh em seu mausoléu, informou a agência de notícias.

Representações dos Ministérios da Defesa, Segurança Pública, Trabalho, Inválidos e Assuntos Sociais também colocaram oferendas de flores em agradecimento aos milhões de mártires e inválidos da guerra que sacrificaram suas vidas pela liberdade da Pátria e pelo bem-estar do povo.

Em uma reunião no dia anterior com uma delegação de Mães Heróicas, parentes de mártires e representantes da Associação de Apoio a essas pessoas, o Presidente Nguyen Xuan Phuc se referiu às políticas de apoio às pessoas com méritos revolucionários decretados no país.

Cuidar de famílias com méritos revolucionários é uma tarefa que requer a cooperação de toda a sociedade, disse Xuan Phuc, que reafirmou a filosofia nacional de “ao beber água, lembre-se da nascente” aplicada pelo Partido Comunista nos últimos 75 anos.

O presidente destacou ainda o trabalho da Associação de Apoio às Famílias dos Mártires do Vietnã, que mobilizou recursos sociais para apoiar a busca e reconhecimento de mártires desaparecidos, com os quais puderam ser confirmadas as identidades de mais de 750 soldados.

A entidade, além disso, entregou mais de 800 casas solidárias, auxiliou muitas Mães Heróicas, doou cadernetas de poupança e forneceu medicamentos gratuitos a dezenas de milhares de pessoas com méritos revolucionários, disse.

Por sua vez, a vice-presidenta Vo Thi Anh Xuan recebeu representantes da Associação de Mulheres Soldadas de Truong Son – Rota Ho Chi Minh, que lutaram diretamente e prestaram serviços logísticos na guerra contra os Estados Unidos, contribuindo assim para a reunificação nacional.

Anh Xuan expressou seu orgulho no exemplo dos veteranos de Truong Son, pedindo-lhes que continuem sendo um exemplo e promovendo a coragem revolucionária e a vontade dos soldados do “Tio Ho” de fazer mais contribuições para o desenvolvimento socioeconômico do país.

A Rota Ho Chi Minh é um conjunto de 16.000 quilômetros de trilhas traçadas principalmente pelas áreas de selva de Truong Son (Long Sierra), por onde as unidades patrióticas vietnamitas marcharam para libertar o Sul e transportaram armas, munições, alimentos e remédios. acl/mpm/hb

FIQUE POR DENTRO