quarta-feira, 28 setembro, 2022

Apoie Cuba, um clamor que não se apaga no Vietnã

Hanói (Prensa Latina) O trágico incêndio na zona industrial da província de Matanzas, no oeste cubano, desencadeou uma campanha de solidariedade no Vietnã que continua até hoje e clama por oferecer todo o apoio possível à ilha.

“Apoie Cuba”, pede a convocação lançada pelo Clube de Vietnamitas Graduados de lá e pela Associação de Amizade Vietnã-Cuba, que em apenas uma semana conseguiu arrecadar cerca de 924 milhões de dongs (mais de 39 mil dólares).

De qualquer forma, os números não expressam todo o respeito, admiração e simpatia que os vietnamitas sentem pelo povo cubano, disse o porta-voz do clube, Vu Trung My, que afirmou que por trás dessas doações há histórias comoventes.

Ele citou, como exemplo, que um ex-aluno da segunda geração de graduados em Cuba, do leito onde agora é tratado em um hospital, não só contribuiu para a coleta, como também mobilizou seus amigos para participar da ação.

Ou a de um jovem estudante que decidiu se desfazer dos únicos 50.000 dongs (pouco mais de dois dólares) que tinha para ajudar seus irmãos cubanos.

A cada dia nas redes sociais, as mensagens de “Ajude Cuba” se multiplicam, comentou Trung My, que valoriza o gesto como mais um exemplo do amor sincero que une o Vietnã e a ilha.

Na véspera,a presidenta da União das Organizações de Amizade do Vietnã (VUFO), Nguyen Phuong Nga, afirmou que o povo deste país da Indochina estará sempre lado a lado apoiando a nação cubana.

Phuong Nga reafirmou a posição da VUFO durante uma reunião com o embaixador cubano aqui, Orlando Hernández Guillén, a quem visitou para entregar uma doação de mil euros arrecadados por trabalhadores daquela instituição para ajudar a compensar os danos causados pelo incêndio no terminal de superpetroleiros de Matanzas .

A também embaixadora transmitiu as suas condolências às famílias das vítimas do trágico acontecimento e manifestou a sua tristeza pelos danos materiais e humanos causados pelo incidente.

Anunciou que estão a preparar um apelo para que os cidadãos possam contribuir para a nobre empreitada de prestar ajuda solidária à ilha.

O povo vietnamita estará lado a lado apoiando seus irmãos cubanos diante de qualquer dificuldade, insistiu.

Em 5 de agosto, um grande incêndio na base do superpetroleiro de Matanzas, causado por um raio atingiu um dos tanques de combustível, deixando um saldo parcial de dois mortos, 132 feridos, 19 hospitalizados e outros 111 feridos, que já receberam alta médica , além de danos materiais consideráveis.

FIQUE POR DENTRO