sexta-feira, 23 fevereiro, 2024

Vietnã entre os países da Asean com maior confiabilidade energética

Hanói (Prensa Latina) O Vietnã contempla hoje entre suas projeções de médio prazo a de se colocar entre os quatro primeiros países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) em termos de confiabilidade energética.

Isso está estipulado no chamado Planejamento Energético VIII, que orienta o desenvolvimento de usinas e redes elétricas de 2021 a 2030 com uma visão até 2050, aprovada pelo primeiro-ministro Pham Minh Chinh e que visa manter a segurança da nação em esta área.

O plano também visa garantir o fornecimento de energia elétrica suficiente para impulsionar uma taxa de crescimento anual do Produto Interno Bruto de sete por cento nesse período, bem como aumentar a participação das energias renováveis na matriz energética do país.

Neste sentido, prevê que até 2030 metade dos edifícios de escritórios e habitações do país sejam alimentados por painéis solares nos telhados e sejam estabelecidos dois centros de serviços de energias renováveis industriais e inter-regionais.

Também é projetado para gerar energia verde para exportação até essa data, visando entre cinco e 10 gigawatts (GW) e atingindo o pico de emissões de gases de efeito estufa relacionados à energia de não mais que 170 milhões de toneladas.

O cumprimento do plano, segundo a agência noticiosa VNA, vai exigir 134,7 mil milhões de dólares de financiamento para o desenvolvimento de novas centrais e redes elétricas entre 2021 e 2030.

Esses números aumentarão para entre 399,2 bilhões e 523,1 bilhões de dólares até 2050, muitos dos quais irão para novas usinas de energia e menos de US$ 40 bilhões para redes elétricas.

FIQUE POR DENTRO